O rumo da vida

Para quem a vida está começando agora, principalmente , é difícil tomar um rumo. Melhor dizendo, saber que rumo tomar. E não só para este...


Para quem a vida está começando agora, principalmente, é difícil tomar um rumo. Melhor dizendo, saber que rumo tomar. E não só para estes, mas todas as pessoas, em algum ponto da vida se encontram sem rumo. Sem caminho. 

Principalmente porque estamos tão acostumados com nossa pequena zona de conforto, que pensar em algo fora dela nos deixa desorientado. Com a "pulga atrás da orelha". 

 E o momento que esta pulga surge, comumente, é quando resolvemos sair de casa.

Para alguns, essa ideia é mais que normal. Já tem tudo planejado, pronto e organizado. É só fazer as malas e ir! Para outros, é uma situação de perder os cabelos. Você sente que precisa ir. Porque claro, chega aquele dia que você se toca que tem que voar com suas próprias asas e arriscar viver a vida. 

Alguns pais vão te apoiar e outros vão relutar em deixar você ir. Você não pode. Não deve. Arranjar mil e um motivos para que você fique. 

Mas não, você precisa de um lar. Seu lar. 

E eu sei, você sabe, pode tudo dar errado. E pode tudo dar certo. Às vezes, tomar uma decisão errada é a melhor coisa que você pode fazer. 

Sair da casa dos pais, dos avós, da casa que você sempre esteve com todas suas mordomias, realmente, não é fácil. Mas não tenha medo de alguns insetos baterem no seu para-brisas, afinal, mesmo assim você continuará dirigindo. 

Você também pode gostar

0 Comentários

Comente a vontade só não faça algumas dessas coisas:

- Não xingar nenhum dos meus seguidores
- Não postar um comentário ofensivo
- Não ofender o blog
- Não criticar o blog, ou algum comentário. Criticas apenas construtivas.
- Não usar nenhum palavrão.

Tecnologia do Blogger.