Odeio amar você

Odeio amar você. Odeio pensar em você. Odeio sonhar com você. Odeio que as suas lembranças arranquem lágrimas. Odeio que você não sint...



Odeio amar você. Odeio pensar em você. Odeio sonhar com você. Odeio que as suas lembranças arranquem lágrimas. Odeio que você não sinta a minha falta como eu sinto a sua. Odeio não conseguir, nem por um instante, odiar você.

Em breve completaríamos 1 ano juntos. Um ano entre altos e baixos mas com a maior certeza de que todos os "eu te amos" foram na pureza real do sentimento. Em breve completaríamos 1 ano e não completamos.

Nos desencaixamos. Você se desencaixou de mim. Virei peça que não tem par no quebra-cabeças. E mais um mês sozinha, eu penso, odeio amar você.

Sabe aquela frase famosa? "Ele é o cara certo pra você mas você é a garota errada para ele" ? Fica ecoando na minha cabeça por dias; como alguém pode ser certo para outro que é errado pra você? Diga-me. Isso não faz o menor sentido.

Por vezes, me pego pensando se você pensa em nós. Se você sente nossa falta como eu sinto. Se você lembra das vezes que ficamos até tarde vendo filme, das vezes que passávamos a noite nos enchendo de porcarias, dos beijos com vontade, dos abraços que matavam saudade, das mensagens românticas trocadas, de todas as vezes que fizemos amor e ficamos ali... Deitado juntos nos amando em silêncio.

Lembra? Por favor, lembre...

Odeio pensar que você está por aí, seguindo a sua vida, talvez conhecendo outros beijos e dando outros abraços que não sejam em mim, odeio pensar que após meses sem você, eu ainda sei te amar como no primeiro beijo. 

E eu sei, existem sim outros caras por aí, outras bocas pra beijar, outros braços para abraçar, outros sorrisos de morenos do cabelo preto (mas que não são nada comparados ao teu sorriso que me bambeia inteira), mas ainda, e acima do que me dizem, eu gosto de você. Como se as coisas nunca tivessem tido um fim. Gosto ainda mais.

E acho que estou gostando desse papel de trouxa - mas ainda bem que você não sabe. Um dia quem sabe, podemos estar juntos novamente. Com os altos e baixos e as mesmas palavras sinceras de amor. Afinal, o que é pra acontecer, vai acontecer. - Estou gostando muito desse ditado - E se tivermos que ficar juntos, ficaremos. Mas também sei, que numa bar qualquer, em um lugar qualquer, posso encontrar um outro sorriso que me bambeie. 

A vida segue surpreendendo a cada dia, mas de uma coisa eu continuo tendo certeza por enquanto...

Com todo amor do meu coração, odeio amar você. 

Você também pode gostar

0 Comentários

Comente a vontade só não faça algumas dessas coisas:

- Não xingar nenhum dos meus seguidores
- Não postar um comentário ofensivo
- Não ofender o blog
- Não criticar o blog, ou algum comentário. Criticas apenas construtivas.
- Não usar nenhum palavrão.

Tecnologia do Blogger.