O ano termina e nasce outra vez

Sabe aquela música da Simone , " Então é Natal e o que você fez? ", pois é, a gente sabe que ela vai tocar em algum lugar em al...


Sabe aquela música da Simone, "Então é Natal e o que você fez?", pois é, a gente sabe que ela vai tocar em algum lugar em algum momento, que todos vão cantar junto esse pedacinho - porque a maioria não sabe o resto - e assim que acabar, vamos prosseguir com a festança.

Mas parando para analisar, esse único pedacinho, essa única frase contém uma pergunta que realmente é para refletir. O que você fez? 

O quê, nesses 365 dias que se passaram - e ainda estão passando, mas logo acaba - você fez? Quais foram suas alegrias, tristezas, conquistas e perdas deste ano? 

Suas escolhas te levaram aonde você pretendia estar? Se não, o que lhe tirou do caminho? E este novo caminho, não há coisas boas, inesperadas, mas boas? 

Você fez aquela tatuagem que queria? Aquela viagem? Aquele corte de cabelo? Foi àquela festa? Conheceu aquele cara? 

Realizou algo por você que desejava muito? Realizou o desejo de alguém? 

Em todo fim de ano, nos deparamos com um imenso, longo e cansativo questionário, dentro de nossas cabeças, sobre como foi o ano. Se fomos felizes com tudo que aconteceu, com tudo que passou. Se as dores sofridas já estão curadas, se as palavras ditas fora as certas, se toda aquela expectativa da virada do ano anterior foi correspondida.

Meio hesitante, com algumas poucas e boas lembranças, você se pega dizendo que o ano poderia ter sido melhor.

O ano foi incrível. Você pode ter pego um resfriado, uma gripe, dengue, pode ter se curado de um câncer, e está aí, para mais um dia e mais um ano. 

Você pode ter perdido um pai, uma mãe, um irmão ou irmã, um vô ou uma vó, um tio, primo, papagaio ou cachorro, mas todos os outros estão aí por você e com você para caminhar para outro ano. Te apoiando e amando infinitamente.

Seu relacionamento de anos, ou meses, terminou e você está sofrendo miseravelmente? Acredite ou não, todo coração se cura. Você terá a oportunidade de passar essas datas comemorativas perto daqueles amigos que você sente falta, da família que está sempre ali com você ou conhecendo pessoas legais em um lugar legal. Em breve, outro amor surgirá.

Milhões de circunstâncias e milhões de novas chances de dar a volta por cima.

Depois de tantas perguntas, você pensa que o texto já fugiu da pergunta principal. Mas não.

O que você fez? 

Soube lidar com todas as divergências da vida, errando ou acertando, se alegrando ou entristecendo, ganhando ou perdendo. 

Isso que você fez. 

E está aqui, está aí, para mais um ano, mais 365 oportunidades de ser feliz, de ganhar o melhor presente da vida: sabedoria

Você também pode gostar

0 Comentários

Comente a vontade só não faça algumas dessas coisas:

- Não xingar nenhum dos meus seguidores
- Não postar um comentário ofensivo
- Não ofender o blog
- Não criticar o blog, ou algum comentário. Criticas apenas construtivas.
- Não usar nenhum palavrão.

Tecnologia do Blogger.